Há 44 anos os Beatles atravessaram a Abbey Road

Recebi este documento via e-mail e acredito que muitos fãs dos Beatles irão vibrar

Há 44 anos os Beatles atravessaram a Abbey Road

Era 8 de agosto de 1969 quando os Beatles se reuniram para o que viria a ser um dos seus últimos ensaios fotográficos. Não o último de todos, mas o último a ser usado em um álbum.

Nessa época, Paul já decidia as coisas, mas nada era muito fácil. Reunir todos os membros da banda era difícil. Sair, agendar horários, nada disso acontecia sem uma boa dose de desgaste. Ali, talvez, o único Beatle que ainda queria ser um Beatle era Ringo.

Foi de Paul a ideia e iniciativa de fotografar naquela exata faixa de pedestres.

AbbeyRoadSketch

Rascunho original de Paul para a famosa foto

O encarregado da missão foi um fotógrafo escocês amigo de John e de Yoko, chamado Iain Macmillan.

Antes de começar, ele tirou uma foto da rua vazia.

abbey-road-empty-690808-580x389

Linda McCartney também esteve lá e tirou algumas fotos dos preparativos, enquanto o quarteto aguardava o ensaio começar.

linda08

linda01

linda02

linda14

linda03

linda04

linda05

linda13

linda06

linda07

linda11

linda12

linda09

linda10

Foram tiradas seis fotos oficiais, para entrarem no álbum.

alternative-abbey-road_01

Tentativa 01

alternative-abbey-road_02

Tentativa 02

alternative-abbey-road_03

Tentativa 03

alternative-abbey-road_04

Tentativa 04

alternative-abbey-road_06

Tentativa 06

A escolhida, todos sabemos qual foi. A única na qual a formação estava perfeita, tudo alinhado, como deveria ser,

como era habitual dos Beatles. Esmero nos últimos detalhes.

Paul decidiu pela quinta tentativa.

Abbey Road Cover

A quinta tentativa foi para o álbum

A história fez sua parte depois desse evento. Ninguém imaginava que os Beatles chegariam ao fim alguns dias depois. Nem o fã mais pessimista, nem mesmo John Lennon – que cuspiu seu desejo de sair da banda em uma reunião sobre as ambições de George de se tornar um compositor com mais espaço.

De lá pra cá, todos os detalhes imagináveis já foram destrinchados. Nem mesmo o velhinho parado lá no fundo, passando como quem não quer nada conseguiu escapar. Até mesmo ele já foi encontrado, entrevistado e teve seus minutos de fama, só por estar ali.

Paul-Cole-Jornal

A placa do Fusca, de número LMW 281F, foi roubada repetidamente, até o carro entrar em leilão em 1986 e ser vendido por £2.530. Atualmente ele está no museu da Volkswagen na Alemanha.

Olha ele aí

Olha ele aí

Hoje, atravessar aquela faixa de pedestres é um evento, tornou-se atração definitiva para turistas do mundo inteiro.

Ninguém quer passar por ali e não repetir a icônica travessia.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s